La Farina – a cozinha italiana mais brasileira de São Paulo

O que gostamos é de gostar do que você gosta.

O centro é histórico. A cidade é a frenética São Paulo. A atmosfera é cosmopolita. A Praça é a da República e faz jus ao nome: também pudera! Palco de grandes concentrações e tantos manifestos. O Terraço é Itália e está lá desde o pós-guerra; ícone da arquitetura nacional. Ao lado dele o Copam, uma cidade vertical. O Colégio Caetano de Campos, então, é selo-maior da educação brasileira. O Largo é o do Arouche, com as multicores do Mercado das Flores e a reluzente escultura em bronze – ‘Depois do Banho’ – de Victor Brecheret. A tradição está no ar… Ah! O restaurante é o La Farina.

O dom da gastronomia

O La Farina é parte dessa eclética vizinhança há mais de quatro décadas. Sob os dotes de gerações, a equipe do restaurante segue a missão diária de bem-servir pratos com jeito todo seu. Coisa de gente que sabe e gosta de lidar com gente. Acolhedora, a casa aguça cada dia mais o paladar de paulistanos e turistas de toda parte no vaivém na intrépida metrópole. Tudo exatamente por causa da comida gostosa e dos pratos generosos. Espaço destinado aos alegres encontros, às melhores prosas, às celebrações de importantes momentos de vidas, sob o tilintar de taças ao redor da boa mesa.

 

Mamma mia!

Na base do cardápio as pastas italianas demarcadas pela feitura caseira. O indispensável virado à paulista, a suculenta feijoada, os sempre bem preparados peixes e frangos, os grelhados, as saladas, as sopas nutritivas enriquecidas com especiarias. O bacalhau ao forno, então… Hum! Carnes e iguarias tantas. Sobremesas caseiras, sorvetes. Pratos executivos. Vinhos, sucos, cervejas e refrigerantes a escolha. Sugestões do chef vão além do cardápio. Um dos destaques é o vigoroso Rigatonni à La Pasticciata, feito ao molho de funghi especial da casa.

Buon appetito… Felice ora!